Apoio à Internacionalização da Certificação dos Açores como Destino Turístico Sustentável
2020-05-18

O PO AÇORES 2020 lançou novo concurso (Aviso Nº ACORES-52-2020-09), na modalidade de Convite, para a atribuição de financiamento a processos de capacitação para a internacionalização, designadamente os relacionados com a certificação dos Açores como Destino Turístico Sustentável, com impactos esperados ao nível da certificação do tecido empresarial do turismo dos Açores.

O convite é destinado à entidade pública empresarial, AZORINA, SA, que tem por objeto principal a promoção de ações de gestão ambiental e de conservação da natureza e dos recursos naturais, incluindo atividades no domínio da promoção da participação pública em matéria ambiental.

Para assegurar o crescimento sustentável dos fluxos turísticos, é fundamental que o destino Açores possa continuar a ganhar notoriedade, especialmente junto dos segmentos de mercado que procuram destinos comprometidos com todas as vertentes da sustentabilidade, nomeadamente, ambiental, cultural, social e económica, pelo que se torna imperativo acentuar a estratégia do turismo dos Açores, no sentido do reforço do seu posicionamento estratégico, junto dos seus principais mercados emissores, nacionais e internacionais, como um destino sustentável.

Com a melhoria continua no processo de certificação dos Açores como Destino Turístico Sustentável, pretende-se alargar o âmbito das ações de capacitação às diversas organizações e empresas açorianas, alinhando-as com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável criados pela Organização das Nações Unidas e, criar condições às empresas açorianas, especificamente do sector do turismo, para a adesão a um esquema próprio de certificação, que seja acreditado e/ou reconhecido pelo Conselho Global do Turismo Sustentável, visando o reforço do posicionamento do destino Açores como destino sustentável e, com a contribuição de todos os stakeholders, aumentar as atividades de internacionalização e a competitividade nos mercados externos.

A dotação financeira do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) máxima afeta ao presente Aviso é de 180.000.000 euros, a uma taxa de cofinanciamento de 85% de subvenção não reembolsável, incidindo sobre o custo total elegível.